segunda-feira, 30 de julho de 2018

Facções: Rapinantes



A Idade da Ira Foi longa e difícil. Muitas pessoas boas e Elohim valentes sofreram e morreram. Perderam as ilusões. A honra cedeu ao pragmatismo, que por sua vez afundou sob o peso da vingança da cólera e do simples desespero. Os homens descobriram o mal e os anjos aprenderam a colher o ódio. Ao final da guerra, muitos anjos caídos haviam se tornado pouco mais que maquinas vivas de destruição, e sua alegria pela criação foi pervertida e transformada num amor exclusivo pela aniquilação. 
Eles enlouqueceram, corromperam –se e aviltaram-se antes de perder a guerra. Antes de serem despojados da maior parte de seu poder. Antes de serem condenados a uma temporada que pareceu eterna, mesmo a seres imortais, num inferno enlouquecedor de isolamento e privação. Agora esses amargos e irados Elohim emergiram do Abismo depois de eras durante as quais sua única distração foi a dor da própria sanidade a devorar a si mesma... e encontraram um mundo tão repugnante e corrompido quanto eles próprios ao contemplar um planeta emporcalhado, uma humanidade aviltada e cruel e um cosmo reduzido a um vestígio ressecado de sua antiga gloria. Eles vislumbram um ato significativo destruir e destruir tudo. 
Exterminar esse arremedo cruel do Paraíso que eles um dia planejaram. Dar a humanidade o silencio misericordioso do tumulo. Destruir as obras de Deus a todo e qualquer momento. esperando incita-lo a finalmente aniquila-los. A vitória é impossível para os anjos caídos, mas talvez eles ainda sejam fortes o bastante para arrasar o troféu – o mundo – mesmo quando este é arrancado de suas garras ávidas. 

Rivais 

Sendo a facção mais radical, os Rapinantes tem mais inimigos. 
Luciferanos - Eles odeiam os Luciferanos por se deixarem enganar. Se foi lúcifer quem engendrou a grande fuga, onde está ele? É asqueroso ver seres que um dia foram os senhores da criação correndo de um lado para outro a procura de um novo patriarca de longas barbas para conduzi-lo a gloria, punir os perversos e coloca-los na cama a noite. Da na mesma esperar Godor ou sua preciosa estrela da Manhã. Talvez o único espetáculo mais repulsivo que os Elohim a agir como crianças seja a visão de Elohim a agir como pais. 
Os faustianos deixaram de servir a Deus para se opor a Deus deixaram de ser brutalizados por Deus... Para pensar que podem substituir Deus? Os rapinantes acham essa linha de raciocínio risível. Principalmente por que os faustianos pensam que eles é que são os loucos. 
Os Ocultos A única facção que os Rapinantes chegam a tolerar é dos Ocultos, simplesmente por que eles ainda não significam muita coisa. Os rapinantes acham que um dia eles vão encher de ficar perguntando por que? e começarão a destroçar as coisas. É o único curso natural para um realista. 

Casas 

O Devorador rapace é o estereótipo do Rapinante e por bons motivos. Os devoradores são talvez os menos propensos a reflexão deliberada, e os Rapinantes são a facção da ação. Ao contrario de todos os outros grupos, os Rapinantes não acalentam a menor esperança de vitória futura, então por que se incomodar com planos para daqui a centenas de anos, ou dez. ou mesmo um?! Levar uma vida dura a ser ainda mais duro de se matar são metas honradas para os viris Devoradores. Os Rapinantes mais discretos são os Profanadores que se desencanam com a beleza depois da guerra e do exílio. Agora dedicados a tornar um mundo feio mais horroroso ainda, eles são a luva de pelica, geralmente invisível, que encobre o punho de ferro de um devorador. Se um Devorador rapace encontrar você, é bem provável que ele simplesmente o mate. Um profanador rapace muito provavelmente tornara você autodestrutivo, depois de minar os poucos ou arrasar de uma só vez tudo a que você um dia deu valor. 

Líderes

Sauriel, O libertador, tem o respeito e a obediência de seus companheiros rapinantes. Um dos raros algozes a adotar a filosofia dos Rapinantes, ele é um dos poucos capazes de dar continuidade a vingança e a crueldade mesmo além tumulo. Outrora um dos arquiduques de Lúcifer, ele lidera por meio de ameaças a intimidação mais do que pela persuasão. 
Suflatus Sua contraparte é Suflatus. Ela costumava ser a Doadora das Águas Correntes, mas agora é a duquesa do Pó. Ela acredita (e proclama em alto e bom som ) que a ruína da rebelião deveu-se a traição interna – especificamente, a traição do rebelde que se ausentou do abismo. “aquele que traiu uma vez trairá novamente” declara e ela agora impõe a si mesma a tarefa de minar os melhores esforços de homens, anjos e demônios. O ódio recíproco Suflatus e Nazathor é tão intenso que aquele que se interpõe as duas pode ser escaldado pela ira. 

Objetivos

Apesar de serem conhecidos como carniceiros irracionais, os Rapinantes são na verdade bastante cautelosos ao escolher alvos que possam ser isolados e atacados sem represália. Os Rapinantes são particularmente ativos em regiões divididas pela guerra e a culpa pode ser atribuída, de um lado ou de outro a sua depravação. No entanto o empreendimento dessas missões exige uma base de operações segura para a qual voltar. As bases dos rapinantes estão atualmente em construção no norte do Iraque, na Macedônia, nas montanhas do México e na Caxemira. Mais Rapinantes estão sendo enviados ao oeste da África, as montanhas andinas, Na américa do Sul, e as áreas entre os mares de Aral e Cáspio. Os rapinantes operam na América do Norte, mas em número menor e com mais discrição do que em outros locais.

Fonte: Módulo Básico de Demônio: a Queda

Nenhum comentário:

Postar um comentário